10 Medidas contra a Corrupção: mais de 16 mil capixabas já apoiam a campanha

Imprimir este Post

A campanha “10 Medidas contra a Corrupção” promovida pelo Ministério Público Federal (MPF) já obteve o apoio de mais de 16 mil capixabas que assinaram a ficha de apoiamento à campanha.

Todas as pessoas que possuam título de eleitor podem participar dessa mobilização, que é nacional, para que as propostas de alterações legislativas cheguem ao Congresso Nacional por meio de um projeto de lei de iniciativa popular.

Até o momento, foram obtidas mais de 670 mil assinaturas em todo o Brasil. Mas o objetivo é atingir, pelo menos, 1,5 milhão de assinaturas.

Somente no último sábado, dia 14, foram recolhidas 804 assinaturas no estande da campanha no Shopping Vitória. O estande funcionará sempre aos sábados, das 10 às 22 horas, até o dia 5 de dezembro.

Nesta segunda-feira, dia 16, representantes do Conselho Regional de Odontologia (CRO/ES) estiveram na sede da Procuradoria da República, em Vitória, e entregaram mais 500 assinaturas de apoio à campanha. Já na terça-feira, dia 17, os alunos da Faculdade Pio XII entregaram aproximadamente 400 assinaturas.

O coordenador da campanha ’10 Medidas contra a Corrupção” no Espírito Santo, o procurador da República Ercias Rodrigues de Sousa, explica que as dez medidas buscam evitar o desvio de recursos públicos e garantir mais transparência, celeridade e eficiência ao trabalho do Ministério Público brasileiro, com reflexo no Poder Judiciário.

“As propostas, elaboradas a partir das investigações da força-tarefa da Operação Lava Jato, se apoiam em três eixos: prevenção, punição e recuperação de ativos e fim da impunidade. A intenção é estender os efeitos para além da Lava Jato para obter mudanças sistêmicas para diminuir a corrupção e a impunidade”, ressaltou.

Lançadas pelo MPF em março, as medidas buscam, entre outros resultados, agilizar a tramitação das ações de improbidade administrativa e das ações criminais; instituir o teste de integridade para agentes públicos; criminalizar o enriquecimento ilícito; aumentar as penas para corrupção de altos valores; responsabilizar partidos políticos e criminalizar a prática do caixa dois; revisar o sistema recursal e as hipóteses de cabimento de habeas corpus; alterar o sistema de prescrição; instituir outras ferramentas para recuperação do dinheiro desviado.

Como ajudar 
A íntegra das medidas e a ficha de assinatura estão disponíveis no site www.dezmedidas.mpf.mp.br, além de em todas as unidades do Ministério Público Federal no Espírito Santo: em Vitória, Colatina, Cachoeiro de Itapemirim, Linhares e São Mateus.

Todos os eleitores podem imprimir a ficha, coletar dados e assinaturas de amigos, parentes e colegas de trabalho e entregar nas sedes mencionadas. O único cuidado é não deixar de fornecer os seguintes dados: nome completo, nome da mãe (ambos sem abreviação), data nascimento, CPF e a assinatura.

Parcerias
O Ministério Público Estadual e o Ministério Público do Trabalho são parceiros do MPF/ES na realização da campanha. As fichas de apoiamento à campanha também podem ser entregues nas Promotorias de Justiça de todo o Estado e na sede do MPT/ES.

Por Rhuana Ribeiro
Foto quarentando.wordpress.com

Jornalista e publicitária. Diretora Presidente dos jornais Hora Aghá e Correio Regional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*