Caranguejos apreendidos em Anchieta

Imprimir este Post

Seis dúzias de caranguejo foram apreendidas na tarde do dia 19 de outubro em Anchieta. A apreensão foi realizada pelos fiscais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente no Bairro Porto de Cima. Os caranguejos estavam com um adolescente da Cidade de Santa Clara, Rio de Janeiro. O menor não resistiu à abordagem e prontamente entregou os caranguejos aos fiscais.

Os crustáceos eram bem pequenos com aproximadamente quatro centímetros e segundo os fiscais alguns já estavam mortos. Por tais razões os caranguejos não foram reintroduzidos ao manguezal, devido à possibilidade de contaminação.

No entanto, como não havia risco para consumo humano, os caranguejos foram doados a uma instituição sem fins lucrativos do município.

As ações de Fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente continuam em diversos pontos do município enquanto durar o período do Defeso.

Saiba Mais
Nessa fase, os animais estão em fase de crescimento e realizam a troca da carapaça, popularmente conhecida como “casco”. É este o motivo da Portaria Federal nº 052/2003, do IBAMA, que regula a questão.

Para garantir a preservação da espécie, a SEMAN – Secretaria Municipal de Meio Ambiente mantém rigorosa fiscalização no manguezal de todo o município, que além de se tratar de uma APP – Área de Preservação Permanente é ainda uma Unidade de Conservação Municipal: Reserva de Desenvolvimento Sustentável Papagaio.

O trabalho de fiscalização, fundamental para garantir a perpetuação dos caranguejos em nosso município ocorre por terra e rio, e é realizado pela equipe de fiscalização da Seman, a Brigada Ambiental. É necessário que cada cidadão faça a sua parte, dessa forma estaremos ajudando a preservar a espécie para que ela não desapareça como muitas outras.

Jornalista e publicitária. Diretora Presidente dos jornais Hora Aghá e Correio Regional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*