CPI solicita informações sobre tarifa da Cesan em Anchieta

Imprimir este Post

O relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Cesan, Geovane Meneguelle (PSD), após notificar e fazer vários pedidos de informações requereu que seja encaminhado ofício à Agência Reguladora de Saneamento Básico e Infraestrutura Viária do Espírito Santo (ARSI) e à Secretaria de Estado e Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano marcando reunião com a finalidade de ter conhecimento da forma utilizada pelos órgãos na taxação das tarifas no município.

A decisão foi tomada porque Anchieta está incluída na tabela de cobrança da Grande Vitória. Além da questão tarifária, a CPI também solicitou informações sobre a qualidade do serviço, o tratamento de água e esgoto e os investimentos realizados e previstos para os próximos anos em Anchieta. Participaram da reunião o Gestor da Divisão Litorânea da Cesan, Thiago José Gonçalves Furtado, o Gerente do Polo de Piúma, Eduardo José de Souza, vários vereadores e o presidente da Câmara, Jocelém Gonçalves de Jesus.

Em sua fala Jocelém deixou claro que o motivo da abertura da investigação se deu por causa da falta de comunicação da concessionária: “Foram enviados vários requerimentos cobrando informações, mas ao que parece a Cesan não levou a sério a cobrança. A sociedade anchietense merece uma resposta satisfatória sobre o assunto, que agora passa a ser investigado”.

Os investimentos em reflorestamento e proteção das nascentes também são uma cobrança constante do presidente da Câmara.

A abertura da CPI foi aprovada no dia 21 de julho através do Requerimento 262/2015 com a finalidade de investigar a execução dos serviços públicos de saneamento básico e taxa tarifárias realizadas pela Cesan  (Companhia Espírito Santense de Saneamento) no município. A CPI é formada pelos vereadores Roberto Quinteiro Bertulane (Presidente); Geovane Meneguelle Louzada dos Santos (Relator) e Robson Mattos dos Santos (Membro).

Fonte Ascom Câmara de Anchieta

Jornalista e publicitária. Diretora Presidente dos jornais Hora Aghá e Correio Regional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*