Feira do Mármore e Granito começa a aquecer a economia cachoeirense

Imprimir este Post

Faltam cerca de 15 dias para o início da 38ª edição da Feira Internacional do Mármore e Granito– Cachoeiro Stone Fair, e o mercado já se enche de expectativa com a geração de empregos temporários e aquecimento da economia local. A estimativa é de que este ano sejam feitas, pelo menos, 2.500 contratações.

Para preparar os 32 mil metros quadrados de área expositiva, muita mão-de-obra acaba sendo empregada na montagem e desmontagem dos cerca de 220 estandes. Um grande número de pessoas trabalha semanas antes e na semana seguinte à realização da Feira. “É um momento em que muita gente acaba sendo empregada nessas funções”, disse Ilson Milaneze, diretor da empresa organizadora do evento – Milanez & Milaneze.

E o fomento na economia não para por aí. Segundo o Secretário de Desenvolvimento Econômico de Cachoeiro de Itapemirim, Ricardo Coelho, a Feira impacta também em, pelo menos, outros 52 segmentos. Ele estima que a receita extra-muros da Cachoeiro Stone Fair pode chegar a algo em torno de R$10 milhões que – além dos setores citados acima – seriam empregados em hospedagem, alimentação, aluguel de veículos, táxis, entretenimento, logística geral (material e pessoal) e afins.

“Sem dúvidas se trata do principal evento econômico da região, com impacto em toda a cadeia produtiva de rochas (maquinas, insumos e rocha) e por ser hoje uma feira focada no mercado interno atrai compradores de todo o Brasil. Todo o trade turístico espera ávido por este período, e é o momento para fidelizar este visitante para que ele retorne”, afirmou o secretário.

Jornalista e publicitária. Diretora Presidente dos jornais Hora Aghá e Correio Regional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*