Fórum Permanente de Controladores Municipais reuniu 31 municípios em Anchieta

Imprimir este Post

A Câmara Municipal de Anchieta sediou dia 31 de julho o Fórum Permanente de Controladores Municipais. O evento, que teve como público alvo as Controladorias Gerais das Prefeituras e Câmaras Municipais Capixabas, teve como foco o Controle Interno em debate.

O Presidente da Câmara Municipal de Anchieta, Jocelém Gonçalves de Jesus, abriu os trabalhos desejando boas vindas aos participantes e falou sobre a rotina de ser gestor no legislativo municipal, sobretudo, as novas determinações emanadas pelo TCE/ES e a importância de capacitar Controladores e demais servidores da Casa.

Dentro da programação foi abordado um histórico sobre os Fóruns (auditorias e fiscalização, transparência, ouvidoria, controle interno, enunciados, relatórios e normas de controle); Sistema de Custos – Resolução 280/2014; e Tomada de Contas Especial – IN 34/2015.

Foram também deliberadas a definição objetiva dos Pedidos ao TCE/ES; formação da Coordenação do Fórum; formação de uma Comissão para elaboração do RI do Fórum; definição de data para reunião entre Gestores e Controladores; definição de reuniões regionalizadas e central (Vitória); definição da 4ª Reunião do Fórum Permanente; definição do II Fórum Capixaba de Controle Interno. No encerramento houve a aprovação da Carta de Anchieta.

Para o organizador do Fórum, Ricardo Rios do Sacramento – Controlador Geral Municipal de Piúma, o evento foi um sucesso, não só pelo número de participantes, mas pela a importância dos temas debatidos.

“Conseguimos reunir 31 municípios e atingir nosso objetivo nos temas propostos. Também estou muito satisfeito porque saímos com a definição para a reunião entre Gestores e Controladores que acontecerá no dia 09 de outubro em Vitória. Quero agradecer a todos que se empenharam para a realização desse evento, a todos que compareceram, e ao Presidente da Câmara Municipal de Anchieta que nos acolheu muito bem”, disse Ricardo Rios.

O Controlador da Câmara Municipal de Anchieta, Luiz Carlos de Mattos Souza Guimarães, defendeu junto aos demais Controladores que tendo em vista as disparidades existentes entre os municípios, seja requerido junto ao TCE/ES, a possibilidade da realização de auditoria de conformidade no próprio sistema de controle interno, uma vez que esta possibilitaria a verificação “in loco” da efetivação e eficácia da consolidação do sistema como um todo.

“Controle interno forte redunda em gestão eficiente e equilibrada, voltada para o atendimento de metas e programas de governo que verdadeiramente vão ao encontro do interesse público. Para tanto, podendo ser extremamente importante o fortalecimento das unidades centrais de controle interno, que atuarão no sentido de ser arrimo na construção de uma administração pública, com menos erros e que possibilite ao gestor a devida segurança em suas ações, que devem ter por premissa o zelo com a coisa pública”, afirmou Luiz Carlos.

Estiveram presentes os Controladores dos municípios de Vitória, Santa Leopoldina, Anchieta (representante), Conceição da Barra, Vargem Alta, Marataízes, Alfredo Chaves, Piúma,Cariacica, Vargem Alta, Dores do Rio Preto, Itapemirim, Guaçui, Alfredo Chaves, Mantenópolis, João Neiva, São Roque do Canaã, São José do Calçado, Sooretama, Dores dos Rio Preto, Iconha, Itapemirim, Ibiraçu, Iconha, Presidente Kennedy, Guarapari, Mimoso do Sul, Ibiraçu, Marataízes, Alegre e Atílio Vivacqua.

Jornalista e publicitária. Diretora Presidente dos jornais Hora Aghá e Correio Regional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*