Ministro vem ao Estado retomar obras do Contorno do Mestre Álvaro, na Serra

Imprimir este Post

A coordenadora da bancada capixaba, senadora Rose de Freitas, e o governador Paulo Hartung se reuniram na tarde do dia 30 de setembro com o ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues, que garantiu visita ao Estado para a retomada oficial das obras do Contorno do Mestre Álvaro, na Serra. A data será definida nos próximos dias e as obras devem ser concluídas em três anos.

O Contorno, considerado prioritário pelos capixabas no Orçamento da União, vai consumir R$ 290 milhões e terá execução impositiva pelo governo federal, com os recursos já garantidos. Do total, R$ 38 milhões já foram liberados ao governo para a primeira fase. O acordo articulado no início de agosto pela senadora Rose de Freitas com os ministros Joaquim Levy (Fazenda) e Nelson Barbosa (Planejamento) garantiu o pagamento da emenda de bancada.

“Nós queremos a autorização para o início dessa obra que foi eleita uma das prioridades para o desenvolvimento do Espírito Santo, em acordo com a bancada e o governo do Estado”, destacou a senadora.

“Está dado o start, Rose. É só agendar o dia e horário que vamos ao Espírito Santo para iniciar a obra o mais rápido possível. É muito importante essa união da bancada”, emendou o ministro.

Já o Governador Paulo Hartung disse que: “A  intervenção do Contorno do Mestre é uma ação estratégica para transferir o trânsito de Carapina e Região e organizar a mobilidade urbana da malha rodoviária da Grande Vitória. Já no setor portuário é mais um avanço burocrático que estamos conseguindo junto ao Governo Federal. Vale lembrar que recentemente conseguimos autorização para mudança da Poligonal do Porto de Barra do Riacho o que permitirá ampliação das atividades na região. Acredito e as obras do Contorno e autorização dos dois Portos são ações estruturantes que darão mais competitividade ao Estado, além de gerar importantes postos de trabalho neste período de crise que estamos vivenciando”, avalia.

Participaram do encontro o diretor da Agencia Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Bastos, e os diretores do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Luiz Antônio Ehret Garcia (Infraestrutura Rodoviária), e Gustavo Adolfo Andrade de Sá (Executivo).

Por Rafael Lima

Jornalista e publicitária. Diretora Presidente dos jornais Hora Aghá e Correio Regional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*