Ripa na Chulipa – Edição 278

Imprimir este Post

Eleições em Piúma
Em Piúma quem anda insatisfeita com seu partido, o Solidariedade (SD), é a Vereadora Marta Scherrer. Segundo ela, que colocou seu nome à disposição para concorrer a vaga do Executivo municipal, está faltando espaço partidário. Outros prováveis candidatos da cidade também estão sendo comentados no meio político, como o atual Vereador Gustavo Meyrelles (SD); o jovem progressista Kauê Oliveira; o ex-prefeito Ricardo Costa (PR); sem contar o atual prefeito Samuel Zuqui (PSB), que possivelmente tentará a reeleição e tem feito um bom trabalho em sua administração.

Eleições em Guarapari
Já na cidade de Guarapari os comentários dão conta de que o Vereador Gedson Merízio (PSB) provavelmente disputará o cargo de prefeito, assim como Carlos Von; o jovem advogado Atilho Bustilhos; o deputado estadual Edson Magalhães; o PSDC também está no páreo, ainda sendo avaliado um nome; o PT pretende lançar o nome do vereador Manoel Ferreira Couto; o PSOL deverá vir com o presidente do partido José Amaral e o prefeito Orly Gomes, que deverá concorrer à reeleição. Muitos candidatos, agora o povo tem que saber escolher. Que vença o melhor.

MPES notifica Rodosol para melhorias na mobilidade urbana
O Ministério Público do Espírito Santo (MPES), por meio da 12ª Promotoria de Justiça Cível de Vitória (Meio Ambiente), encaminhou notificação para comparecimento de representante da Rodosol no dia 16 de junho para que seja esclarecido quais trabalhos são realizados pela empresa no sentido de melhorar a mobilidade urbana da Região Metropolitana de Vitória.

O MPES requer informações sobre a funcionalidade da prestação do serviço pertinente à cobrança nos pedágio; sobre as modalidades de cobrança utilizadas pela empresa; um relatório de fluxo de veículos na área de concessão da Rodosol durante o período de suspensão da cobrança do pedágio em 2013 e 2014; as providências que estão sendo tomadas para melhorar a prestação de serviço da empresa, quanto à mobilidade urbana na Terceira Ponte e em seu entorno; e estudos de viabilização de melhorias em relação à Política de Mobilidade Urbana.

Metas para a educação
Falta menos de um mês para que Estados e Municípios de todo o país apresentem suas metas e estratégias elaboradas para a Educação a serem alcançadas até 2024, em cumprimento ao Plano Nacional de Educação (PNE). O plano deve conter desde o diagnóstico dos problemas enfrentados pelos governos, propondo as soluções encontradas (ou esperadas) para resolvê-los, até a aprovação da lei estadual ou municipal. O prazo para os 26 Estados, o Distrito Federal e os 5.570 municípios apresentarem seus planos termina no dia 24 de junho.

TJ prorroga afastamento de prefeito de Itapemirim
O desembargador Adalto Dias Tristão, integrante da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES), prorrogou o prazo de afastamento cautelar do prefeito de Itapemirim e de outros agentes públicos do Município. A decisão determina a prorrogação do afastamento até, pelo menos, o julgamento de dois agravos regimentais pela 2ª Câmara Criminal.

O pedido de prorrogação do prazo foi feito pelo Ministério Público Estadual (MPES) e teve por fundamento assegurar a instrução do feito na fase investigativa. De acordo com a manifestação do MPES, o primeiro pedido de afastamento expiraria dia 30 de maio.

Estação de tratamento de esgoto abandonado
Há anos quatro estações de tratamento de esgoto no Estado estão abandonadas sem nunca terem funcionado, dentre elas está a de Guarapari. A estação de Guarapari começou a ser construída no ano de 2000, só que a mesma foi suspensa por suspeita de fraude na contratação de serviços. Quase R$ 1,6 milhão – convênio, estava previsto para coleta e tratamento de esgoto dos bairros Santa Mônica e Perocão. Hoje a prefeitura municipal retomou a obra com recursos próprios.

Proibido saleiro em mesas de restaurantes
Uma nova lei passa a valer a partir do mês de julho no Estado – bares, restaurantes e lanchonetes ficarão proibidos de deixar saleiros ou saches nas mesas. A lei, que foi sancionada pelo Governador do Estado, Paulo Hartung (PMDB), estará sujeita a multa de 500 VRTE (Valor de Referência do Tesouro Estadual) – hoje corresponde a R$ 1.343,55, caso o estabelecimento não cumpra a medida.

Gastos de deputados federais
Os deputados federais gastaram, em 100 dias, R$ 576 mil com almoços e jantares. Os mesmos pagaram a conta e pediram ressarcimento, com base na Cota de Auxílio de Atividade Parlamentar. É mole?

Enquanto isso…
“A população come o que o diabo amassou…”

Jornalista especialista em gestão estratégica de comunicação e marketing.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*