Ripa na Chulipa – Edição 280

Imprimir este Post

CPI das placas
Foi protocolado na sessão ordinária do dia 08 de julho, na Câmara Municipal da Serra, o requerimento 287/2015, que requer Comissão Especial de Inquérito tendo em vista denúncia feita pelo vereador Antonio Boy com a finalidade de investigar a não observância do parágrafo 14 do art. 31 da Lei Orgânica Municipal, que dispõe das instalações de Placas de indicações de Obras e serviços do Poder Executivo Municipal. A Comissão Especial de Inquérito, conhecida como CPI das Placas, terá como finalidade investigar o uso de publicidade irregular no Município da Serra. Assinaram o requerimento: Nacib Haddad (PDT), Aldair de Souza (PTB), Aécio Leite (PT), Neidia Maura, Gideão Svensson (PR), David Duarte (PDT), Basílio Santos (PROS) e Gilmar Carlos (PT).

Ex-deputado vai disputar prefeitura de Vitória
O ex-deputado federal Capitão Assumção (PSB) se filiou ao Solidariedade e vai presidir o partido em Vitória. O anúncio foi feito pelo presidente regional da sigla no ES, deputado federal Carlos Manato, que anunciou também a filiação de dois apresentadores de TV à sigla, Ricardo Martins e Torino Marques.

Assumção, na primeira tentativa de voltar à Câmara Federal em 2010, obteve 65.797 votos, e na segunda obteve uma votação menor, 36.032 votos. Ele pretende concorrer com o atual prefeito da capital, Luciano Rezende (PPS), que busca a reeleição, mas é mal avaliado no município, segundo pesquisas locais. Assumção, depois de sair do PSB, se filiou ao PRB. Foi diretor do Detran no governo Renato Casagrande.

Campo do Guarapari  (*)
Construtora pretende fazer um edifício com hotel, shopping e estacionamento privado. Objetivo é fazer a edificação em três blocos, o início da obra está planejado para o ano que vem, com previsão de duração para 4 anos. (Fonte ES em Foco).

ES já tem quatro candidatos à sucessão de Hartung
Quatro nomes de peso em Brasília são cogitados para concorrer ao governo do Espírito Santo nas eleições de 2018, caso o governador Paulo Hartung (PMDB), dispute vaga ao Senado. São eles: o ex-governador Renato Casagrande; os senadores Ricardo Ferraço e Rose de Freitas, ambos do PMDB, e o deputado federal Sérgio Vidigal (PDT).

Se optar pelo Senado, Hartung teria que deixar o governo em março de 2018. Dessa forma, o vice-governador César Colnago (PSDB) ficaria inelegível, caso assumisse o governo na desincompatibilização do titular. O deputado Sérgio Vidigal pode ser o nome de Hartung para o governo, mas na linha de preferência, estariam ainda Ferraço e Rose. Se permanecerem no mesmo partido, Rose ou Ferraço teria que pular fora. Ou então um dos dois teria que mudar de partido.

Já Casagrande será candidato de oposição a Hartung, independente da opção que o chefe do executivo tomar. Parlamentares da bancada apostam que devido à crise financeira, Hartung não poderá fazer um bom governo, o que o levaria a pensar na reeleição. Se for essa a opção dele, Ferraço, e Vidigal teriam que adiar seus projetos. Já Rose é uma incógnita, mas se o cavalo passar selado ela monta. (Fonte Agência Congresso).

Viana consegue R$ 2,4 milhões do Orçamento da União
O prefeito de Viana, Gilson Daniel (PV), esteve em Brasília “passando o pires” e no final da peregrinação conseguiu R$ 2,4 milhões em recursos do Orçamento da União com cinco parlamentares. As verbas, no entanto, são para o orçamento de 2016. Logo se ele não for reeleito ano que vem, os recursos ficam para seu sucessor.  O maior valor foi do senador Ricardo Ferraço (PMDB), uma emenda de R$ 850 mil para infraestrutura urbana.

Com os deputados, o prefeito conseguiu com o deputado Carlos Manato (SD) – R$ 600 mil e Marcus Vicente (PP), R$ 500 mil (os dois valores para saúde). Lelo Coimbra (PMDB) – R$ 300 mil para infraestrutura. E com o deputado Evair de Melo (PV), R$ 150 mil em recursos para investimentos em agricultura.

Desvio da Petrobras pagava até prostitutas de luxo
Segundo o jornal Folha de São Paulo, delatores da Operação Lava a Jato contaram como funcionava a contratação e o pagamento de prostitutas de luxo para diretores da estatal e políticos com o dinheiro desviado no esquema de corrupção da Petrobras.

Ainda segundo o Folha de São Paulo, só em 2012 cerca de R$ 150 mil foram gastos para financiar a contratação de garotas. Algumas delas são conhecidas pela exposição em capas de revistas, desfiles de escolas de samba e programas de TV. Cada programa custava até R$ 20 mil.

O Ministério Público e a Polícia Federal chegaram a essa informação depois de questionarem o doleiro Alberto Youssef e o emissário dele, Rafael Angulo Lopez, sobre a origem de expressões como “artigo 162” e “Monik” que aparecem nas planilhas usadas no esquema de corrupção. De acordo com os delatores, a expressão “artigo 162” era uma referência ao número do endereço de uma cafetina que agenciava os programas. (Fonte Revista Exame).

Parabéns…..
ao advogado Douglas Marchiori Rodrigues, ao economista José Luiz dos Santos e equipe pelo trabalho desenvolvido junto a Secretaria de Fazenda de Piúma que culminou no aumento do ICMS para o município.

Enquanto isso em Piúma….
conversa de bastidores….o atual Secretário de Educação e vereador licenciado, Geovane Bidim, voltará, segundo fontes, para sua cadeira na Câmara Municipal no lugar de Nardelli Ferreira. Um nome indicado para assumir a vaga da Secretaria seria o de Denise Mezadre.

* Foto: Alfa Construtora

Jornalista especialista em gestão estratégica de comunicação e marketing.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*