Viana tem 100% de cobertura no Programa Saúde da Família

Imprimir este Post

Viana conquistou mais um avanço na área da Saúde. Há um mês, a prefeitura alcançou 100% de cobertura do Programa Saúde da Família (PSF) no município, o que o colocou no topo das cidades da Grande Vitória com cobertura total desse tipo de atendimento. “Viana é o único município entre Cariacica, Vila Velha, Serra e a capital Vitória a oferecer o PSF a todos os moradores”, destacou a secretária de Saúde Stella Dias.

Isso representa que a população de Viana está totalmente monitorada e com atendimento à Saúde na Atenção Primária, que prevê um conjunto de ações de saúde no primeiro nível de contato com o usuário. “Temos conhecimento sobre os moradores e monitoramos cada doente. Hoje todos eles são assistidos e todas as famílias têm o seu prontuário. Com o conhecimento sobre a população, conseguimos planejar e executar ações para o atendimento individual e coletivo”, explicou a secretária.

Para alcançar a meta, Stella cita que o primeiro investimento foi feito na estrutura física, com construção de novas unidades de saúde e reforma e ampliação das existentes. “O Estado só classifica o município que tem a estrutura física adequada. Após termos feito as adequações, solicitamos autorização ao Estado para a qualificação de novas equipes, o que garantiria o aval do Ministério da Saúde para a expansão do programa. A etapa seguinte foi a contratação dos profissionais”, contou.

Atualmente 17 equipes do PSF atuam em Viana, 13 a mais do que tinha no início da atual administração, em janeiro de 2013. Essa quantidade garante a cobertura de 80 mil habitantes, segundo a secretária, baseada em dados do Sistema de Informações da Atenção Básica (SIAB), do Ministério da Saúde. “Os números divergem dos apontados pelo  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) da população de Viana, pois o instituto ainda não atualizou a quantidade atual dos moradores oficialmente e usa estimativas”, comentou.

As 16 unidades de saúde de Viana contam com equipes do PSF, que, no mínimo, são compostas por médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e agentes comunitários de saúde. Cada equipe atende oito horas diárias com demandas espontâneas e programadas. Entre elas, atividades educativas e atendimentos a grupos de idosos, diabéticos, gestantes, hipertensos, saúde do homem, saúde da mulher.

Além dos cuidados à saúde que a população tem garantido com o PSF, o programa cria vínculos afetivos entre os moradores e os profissionais. “Temos conseguido um bom resultado nessa parceria, expressando confiança nas equipes e no trabalho que estamos oferecendo”, disse Stella.

Por Júlio Palassi
Foto divulgação

Jornalista e publicitária. Diretora Presidente dos jornais Hora Aghá e Correio Regional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*